Borboletas

Borboletas

Meu estomago tem ácidos

Uns graxos, outros sóbrios.

Canta, suspira, ronca.

Repleto de sopa, de coca,

de ócios.

Amorosamente rebola

entre o externo e o

diálogo.

Nunca devolve nada.

Vergonha ou cisma de

apertar o esôfago.

Relaxadamente diluí

a gana e a zoeira.

Condensado

Compilado

Distribuído e limpo

pelo pano do iogue.

50 mililitros

querem beijo.

O coração é

mero atavio.

Advertisements
%d bloggers like this: